Essências que relaxam - PARTE 1

12:32:00


Com a correria do dia a dia e os deveres do mundo estressante, é cada vez mais difícil manter-se relaxado, permitir-se descansar, ter uma boa noite de sono. E assim vêm surgindo variados medicamentos anti-estresse, anti-depressivos, para controlar a ansiedade e também para ajudar a dormir, mas, como se sabe, tais remédios possuem efeitos colaterais que ao longo do tempo vão causando prejuízos ao corpo e à mente.

Aí é que entram as terapias alternativas, como uma solução mais saudável e natural. E dentre elas, existe a Aromaterapia, que tem uma diversidade de aplicações e indicações, uma delas é o estímulo ao relaxamento e ao sono, com a vantagem de não causar efeitos colaterais.

Existem vários aromas que promovem relaxamento e nos fazem dormir melhor. Não entrarei no mérito de receitar ou dizer como se usa tal planta ou aroma, pois não sou aromaterapeuta, médica ou especialista no assunto. No entanto, conforme pesquisa, veja alguns aromas que relaxam e proporcionam benefícios à nossa saúde:

Lavanda


A história mostra que a lavanda era usada pelos antigos egípcios quando eles mumificavam corpos. A lavanda ganhou seu nome porque era usada em banhos para lavar o corpo e espírito. Esta planta nativa, Lavandula angustifolia, das montanhas do Mediterrâneo é considerada uma das plantas mais seguras para se aplicar na Aromaterapia, por isso é amplamente utilizada em sabonetes, xampus, loções, tinturas, potpourris e chás.

No passado, a lavanda era utilizada como um anti-séptico, bem como para fins de saúde mental. Atualmente, a lavanda está sendo usada para aliviar a ansiedade, resolver problemas de insônia e para aliviar a depressão. As pessoas que estão inquietas encontram efeito calmante com o óleo extraído das pequenas flores azuis-violeta de lavanda. De acordo com um estudo, a lavanda usada para Aromaterapia diminui a atividade do sistema nervoso simpático, o sistema do corpo que responde à tensão, o que permite a melhoria da qualidade do sono e relaxamento. Massagem com óleo de lavanda também produz melhor qualidade do sono, estabilidade de humor e uma concentração mais focada.

Camomila


A camomila pertence ao gênero Matricaria, que é de uma palavra latina que significa "útero". No passado, a camomila era usada para tratar quaisquer formas de queixas ginecológicas. Estudos têm mostrado que a camomila tem efeito antiespasmódico e anti-inflamatória. Ela também tem propriedades antibacterianas, antifúngicas e propriedades antivirais, como mostrado em vários estudos. As minúsculas margaridas, flores da camomila, quando secas, podem ser usadas para o chá. O chá de camomila tem um efeito calmante para as crianças que são irritáveis ou para adultos que têm dificuldade em dormir. Além disso, as cabeças da flor, quando esmagadas e cozidas no vapor, produzem um óleo azul que, quando combinado com a água em vapor pode acalmar aqueles que sofrem de tosse.

Matricaria recutita ou chamomilla recutita foi conhecida pelos antigos egípcios, gregos e romanos para produzir centenas de benefícios medicinais. Apesar de causar reações alérgicas a algumas pessoas, a camomila é eficaz como um agente calmante, usada por inalação ou como chá.

Bergamota


Bergamota, ou citrus bergamia, é uma planta nativa da Itália. O tamanho da fruta é semelhante à laranja mas a sua cor é semelhante ao limão. A bergamota é usada em perfumaria, introduzida pelos perfumistas italianos na Alemanha durante o século 17. O original "Eau de Cologne" sempre tem bergamota como um dos principais ingredientes.

A casca do fruto da bergamota, às vezes, conhecida como laranja amarga, é prensada a frio e o óleo é extraído. Por vezes, a extração de óleo também é feita por meio de vapor através da destilação. O aroma fresco e cítrico da mistura entre limão e laranja do óleo extraído quando misturado com outros aromas, não só ajuda na digestão ou inflamação, mas também tem mostrado ser útil no tratamento da depressão, bem como para "refrescar a cabeça" durante estados de ansiedade.

Continua...

Você também poderá gostar

1 comentários